Responsável em dar uma primeira expressão à perspectiva da criança sobre o mundo, hoje as cores fazem parte de quase todos os quartos das crianças.

O desenho e a pintura, assim como a escrita, sempre foram considerados uma forma de liberdade de expressão entre as pessoas. Porém, nem sempre foi possível a utilização de materiais diversos e com boa qualidade como são usados atualmente. A STAEDTLER – por exemplo – trabalha com uma vasta gama de produtos coloridos, com um formato ergonômico e que encanta a qualquer um. Mas você sabe como tudo isso surgiu? 

foto: STAEDTLER

Há 400 anos, quem quisesse pintar com materiais secos tinham a escolha entre o carvão, o giz vermelho e o giz pastel. A partir do século XVII, em Nuremberg, tudo passou a mudar com o desenvolvimento do lápis de madeira, onde o grafite, o giz vermelho e o giz pastel foram incorporados a um revestimento de madeira. Diante disso, após a sua criação em massa, tornou a escrita e a pintura acessíveis para muitos. Na época, em torno de 1740, um lápis de giz vermelho custava apenas alguns centavos dependendo da qualidade. Afinal, eles já cobriam um espectro de cores do claro e escuro ao vermelho, roxo ou marrom avermelhado.

foto: STAEDTLER

O que hoje parece trivial, no século 19 foi uma grande revolução. Em 1834, Johann Sebastian Staedtler conseguiu melhorar o lápis de giz vermelho para que todos pudessem apontá-los até um ponto mais fino, permitindo espessuras de linhas finas e melhor desenvolvimento no papel. Além disso, ele também desenvolveu um processo para a produção de cartuchos de giz de óleo com cores diferentes, em que os pigmentos eram misturados com ligantes, moídos várias vezes, prensados e secos no forno. Foi logo após essa invenção – em 1835 – que a STAEDTLER se especializou na produção do lápis de cor. 

foto: STAEDTLER

No primeiro catálogo recebido de 1860, a multinacional já oferecia seus lápis de cor com a marca de produtos “Creta Polycolor” em 100 cores diferentes, como – por exemplo – em “Vermelho Carmim claro”, “Verde Mar” ou “Azul Azure”. A intenção inicial era que esses lápis inspirassem artistas ou comerciantes, mas devido a facilidade de uso e preço acessível, as crianças e adolescentes começaram a utilizar nas aulas de artes e em casa. Por conta disso, J.S. Staedtler desenvolveu uma linha de lápis pastéis curtos de óleo colorido em madeira com apenas 11 cm de comprimento.

foto: STAEDTLER

Desde 1925, a STAEDTLER tem desenvolvido a sua própria linha de produtos para crianças, alunos e iniciantes e hoje já está entre os principais fabricantes e fornecedores mundiais de produtos de escrita, coloração, desenho e criatividade.

Para saber mais, acesse: https://www.staedtler.com/br/pt/

Sobre a STAEDTLER

Fundada em 1835 por Johann Sebastian Staedtler, a STAEDTLER é uma das mais antigas empresas industriais da Alemanha e está entre os principais fabricantes e fornecedores mundiais de produtos de escrita, coloração, desenho e criatividade.

Como marca é reconhecida mundialmente e possui uma alta cota de exportação, a STAEDTLER possui 3.000 funcionários em todo o mundo, sendo que mais de 1.200 deles estão na Alemanha. A companhia de longa data atribui grande importância às origens de seus produtos Made in Germany e fabrica quase dois terços dos seus artigos em seu país de origem.

Isso torna a STAEDTLER a maior fabricante de lápis de madeira, marcadores universais, borrachas, minas de lapiseiras e argila de modelagem industrial na Europa. Pioneira quando se trata de criar harmonia entre os mundos analógico e digital, seus produtos premium apoiam seus clientes ao longo de suas vidas – desde suas primeiras tentativas de colorir até suas conquistadas criativas na terceira idade – com ferramentas que são precisamente adaptadas às necessidades de cada indivíduo.


Conteúdo criado por KR2 Comunicação.


Gabriel Pascoli

Papelaria, Escritório, Informática, Eletroeletrônicos, Brinquedos, Artesanato, Presentes, Festas e Descartáveis. Ligue 0800-701-1811.

0 comentário

Deixe uma resposta