No mundo dos negócios, estar atento às tendências em marketing, logística, administração e interesse do público significa estar um passo à frente dos concorrentes.

A Gestão 4.0 é uma das novidades que mostram que o futuro é agora e a necessidade de se modernizar é urgente para atender os novos consumidores.

A chamada Geração Z, que engloba todos os nascidos entre as décadas de 1990 e 2010, é quem põe as cartas na mesa nessa nova era para as empresas, também chamada de Quarta Revolução Industrial. Mas para aplicar esse novo modelo é preciso entender como chegamos até ele e quais vantagens seu negócio pode obter com essas mudanças.

Quarta Revolução Industrial e Gestão 4.0

foto: criada por freepik

Vamos voltar às aulas de História: a Primeira Revolução Industrial teve como mote a mecanização e as máquinas a vapor, enquanto a Segunda foi movida pela energia elétrica e as linhas de montagem de Henry Ford, que criaram a produção em massa com baixo custo. Por fim, a Terceira foi sobre a automação dos processos por meio da eletrônica, tecnologia da informação e o uso de computadores.

O futuro, então, teria carros voadores, robôs e roupas prateadas? Nada disso! Parece ironia, mas a Quarta Revolução Industrial é mais focada nos desejos, necessidades e valores do consumidor.

O cliente influencia diretamente no processo de fabricação, distribuição, desenvolvimento e pós-venda dos produtos, e seus objetivos são medidos pelas mídias sociais, pesquisas de opinião e tendências de comportamento.

A Gestão 4.0, portanto, dita uma transformação 100% digital dos processos produtivos para que você possa focar no que realmente importa – números, vendas, capacitação da equipe, atendimento pós-venda e fidelização de clientes.

São três pontos essenciais que ditam a Gestão 4.0:

  • Automatização da produção, visando mais independência e menos falhas no processo, que consequentemente geram menos despesas e mais eficiência;
  • Integração dos setores, permitindo que todos os departamentos se comuniquem entre si de forma ágil e direta para uma produção mais rápida e rentável;
  • Virtualização dos processos, que passa todos os dados físicos para meios eletrônicos, permitindo análises de dados mais precisas para tomadas de decisões concretas e assertivas.

Como implementar a Gestão 4.0 na minha empresa

foto: criada por freepik

O grande desafio da Gestão 4.0 não é a digitalização completa, mas sim o que fazer com ela. Ao automatizar as atividades operacionais a empresa pode pensar em ações mais assertivas baseadas nas tendências do momento e nas opiniões do público. A análise de dados tende a ser mais certeira e oferecer informações muito relevantes sobre os consumidores, mas é preciso saber o que fazer com elas.

Atendimento impecável, preocupação com o meio ambiente, crescimento sustentável, local de trabalho livre de preconceitos e oferta de produtos cruelty free são alguns dos insights mais buscados pela geração Z.

Trabalhar com gestão de crises, planejar ações inovadoras e estabelecer metas para o futuro são outros pontos que podem ajudar a empresa a crescer e se destacar frente aos concorrentes. Na Gestão 4.0, é essencial lembrar que o cliente é quem determina os rumos do jogo e a total transparência sobre seus processos garante pontos extras. Aproveite as oportunidades criadas pela digitalização e faça do limão uma limonada para seus negócios!


Conteúdo criado por Sonobe Conteúdo, agência digital dedicada à redação, planejamento e consultoria em redação e marketing de conteúdo. Através de equipe certificada em jornalismo, marketing digital, SEO, roteiro, gestão e empreendedorismo, a Sonobe traz aos leitores e leitoras do Reval Blog novas perspectivas para os seus negócios.


Reval Blog

Papelaria, Escritório, Informática, Eletroeletrônicos, Brinquedos, Artesanato, Presentes, Festas e Descartáveis. Ligue 0800-701-1811.

0 comentário

Deixe uma resposta