O ser humano é extremamente visual e isso reflete na sua decisão de compra. Não é à toa, portanto, que o visual de loja seja o ponto fraco ou forte de muitos negócios, já que para chamar atenção do cliente é preciso, antes de útil e funcional, mostrar-se atraente e diferenciado.

Como aprimorar o visual de loja do seu negócio

Também chamado de layout, o visual da loja precisa condizer com a personalidade da marca e se comunicar de forma direta com o consumidor a fim de gerar vendas e um bom relacionamento. Veja como criar um ambiente atraente:

1. Organização e disposição dos produtos

foto: criada por freepik

Não adianta ter muito espaço e não saber aproveitá-lo, ou ter um ambiente reduzido e colocar mais do que ele comporta. É preciso aproveitar os espaços disponíveis de forma que se adaptem ao trabalho de vendas e comodidade do cliente.

Uma técnica interessante é colocar, lado a lado, produtos que se complementam. Por exemplo, destaque a oferta dos lápis de cor e disponha ao lado um kit completo de desenho por um preço vantajoso.

2. Crie um ambiente aconchegante

foto: criada por freepik

As pessoas tendem a passar mais tempo dentro de lugares que consideram confortáveis e interessantes. Atenção a estes pontos que dão um up no ambiente:

  • Música: crie uma playlist com músicas que têm a ver com a personalidade da sua marca e deixe em volume baixo. Isso ajuda o consumidor a entender a proposta;
  • Aromas: os aromatizadores de ambiente estão em alta! Espalhe alguns com cheiro suave (cuidado com os muito doces ou cítricos, que podem ser enjoativos) para deixar o ar com sensação de limpeza e frescor;
  • Temperatura: por mais cômico que pareça, o fato da loja ter ar condicionado é um fator importante para incentivar os clientes a entrarem. Mantenha uma temperatura agradável, independentemente de ter o aparelho ou não, pois ninguém aguenta muito tempo em um local muito quente ou muito frio;
  • Cores: invista em cores neutras nas paredes, acessórios e gôndolas para destacar as mercadorias, ou no máximo pinte apenas uma parede com cor mais forte. Na vitrine, trabalhe no máximo três cores para não causar poluição visual;
  • Iluminação: luzes brancas deixam o ambiente mais claro e facilitam a visibilidade, além de passar sensação de confiança na decisão de compra. Já a iluminação amarelada ressalta detalhes, como texturas e cores, e é ideal para destacar um produto.

3. Atenção com a acessibilidade

foto: criada por freepik

O excesso de produtos prejudica o percurso e pode se tornar estressante para o consumidor – afinal, ninguém quer entrar na loja com medo de esbarrar em um produto, não é? Por menor que seja o espaço, siga a máxima do “menos é mais”. Uma boa dica é investir em espelhos para parecer que o local é maior.

Cuidado com ambientes muito estreitos ou com degraus, que podem ser um problema quanto à acessibilidade. O mesmo vale para a altura dos expositores e disposição dos corredores, priorizando o conforto do cliente.

4. Da fachada até a parte elétrica

foto: criada por freepik

Quando se fala de visual de loja a beleza interna e externa tem o mesmo peso, e isso significa desde o letreiro, cores das paredes e disposição dos produtos até cuidados com a fiação elétrica, que não deve ficar exposta, rachaduras internas e chão empoeirado.

Sua comunicação visual deve funcionar como um todo, portanto cuide para que elementos indesejados – pichações na parede, manchas, sujeira, lâmpadas queimadas, ventiladores barulhentos e ar condicionado pingando – não ocorram com frequência e, quando ocorrerem, sejam resolvidos o quanto antes.

Atenção especial com chão, acessórios e displays, que precisam estar e parecer limpos, e com o estoque, que deve estar longe dos olhos do público. Além de prejudicar o visual como um todo, esses elementos demonstram desleixo e falta de preocupação com o cliente, interferindo totalmente no próximo tópico.

5. Experiência de compra

foto: criada por freepik

Hoje em dia, a fidelização do cliente depende, em grande parte, da sua experiência de compra, que deve superar as expectativas e mostrar uma preocupação genuína da empresa em agradar seu consumidor.

Alguns pontos que fazem muita diferença na experiência de compra são agilidade na resolução dos problemas, oferta de produtos de altíssima qualidade e bom relacionamento pós-venda. Porém, é preciso mais para garantir a fidelidade do consumidor, e aí o visual de loja faz a sua parte.

Um ambiente interessante, com ótimas experiências sensoriais, boa organização e disposição dos produtos, zero poluição visual, facilidade para encontrar o que deseja e atendimento personalizado, garante pontos extras com o consumidor e aumenta suas chances de vendas. Investir no visual de loja não exige um orçamento absurdo e nem uma equipe de marketing para boas sugestões. Basta se preocupar com o cliente e fazer o possível para tornar sua experiência o mais confortável e interessante possível. Afinal, quem não gosta de se sentir importante?


Conteúdo criado por Sonobe Conteúdo, agência digital dedicada à redação, planejamento e consultoria em redação e marketing de conteúdo. Através de equipe certificada em jornalismo, marketing digital, SEO, roteiro, gestão e empreendedorismo, a Sonobe traz aos leitores e leitoras do Reval Blog novas perspectivas para os seus negócios.


Reval Blog

Papelaria, Escritório, Informática, Eletroeletrônicos, Brinquedos, Artesanato, Presentes, Festas e Descartáveis. Ligue 0800-701-1811.

6 comentários

Simone Silva · 23 de fevereiro de 2019 às 09:25

Essas dicas são realmente importante para uma loja que quer ser bem sucedida.

CARLOS KAMINSKI · 22 de fevereiro de 2019 às 11:36

MUITO BOM!! CARLOS KAMINSKI / KIKIKO PAPELARIA

Ailton (Proprietário) · 22 de fevereiro de 2019 às 11:01

Bom dia cliente 23462

Venho por meio deste, agradecer por todas as dicas aqui referenciada para que minha loja seja agradável e eu consiga atingir minha meta em vendas. Assim como todos nos sabemos uma loja é vista por qualidade de produto, então á uma necessidade maior que vocês poderiam abrir uma urgência na parte de propaganda fornecidos por vocês sem estar casadas com a quantidade de mercadoria comprada, para que enfim nossos clientes sejam atraídos pela qualidade dos nossos produtos.
Quero ressaltar que como vocês sabem nossas compras na Reval é com frequência e assim acabamos não sendo favorecidos em matéria de propaganda, como somos favorecidos em outros lugares onde compramos menor quantidade, sito como exemplo produtos Jandaia , Vepea e Fernet etc.

    Reval Blog · 22 de fevereiro de 2019 às 12:45

    Oi Ailton, agradecemos demais pelos comentários. Vamos verificar se as políticas de materiais de apoio a venda poderão ser flexibilizadas.

Deixe uma resposta