Skip to main content

Pratique a surdez e seja feliz

Provavelmente, você tenha ouvido várias vezes a seguinte frase: “pior surdo é aquele que não quer ouvir”.

Acredito que nem sempre essa frase seja verdadeira. Penso que, muitas vezes, o melhor surdo é aquele que consegue fingir não ouvir.

Você já percebeu o quanto as pessoas nos provocam a dar-lhes respostas duras, só para iniciarmos uma discussão?

E o pior é que, na maioria das vezes, a gente cai em tais provocações.

Mas por que?

Porque não somos treinados a “fingirmos-nos de surdos”, porque desde criança somos condicionados a dizer que não temos “sangue de barata”, que “temos que nos valorizarmos”. Quanta bobagem!

Darmos-nos valor não tem nada a ver com mostrarmos que temos razão, e sim que conseguimos não ouvir tudo o que as pessoas nos dizem, que procuramos entender o que elas realmente querem nos dizer.

Vejo pessoas acreditando em tudo o que os outros falam e, o que é pior, iniciarem discussões por discordarem das objeções dos mesmos.

Há alguns anos, um cliente entrou em minha loja dizendo que uma cadeira que eu estava lhe oferecendo “não prestava” (lógico que aquilo me incomodou MUITO em um primeiro momento), pois eu sabia não ter fundamento aquela observação.

Ao invés de entrar em rota de colisão com o mesmo, apenas lhe respondi:

 

Olha meu senhor, acredito que o senhor possa ter suas razões, mas o que o leva a ter tal opinião?

 

Ele, desconsertado, me disse:

 

Desculpe, não é nada disso, eu não tive um dia legal e estou nervoso… blá, blá, blá.

 

Acabei vendendo a cadeira,  ele agradeceu e ainda me pediu desculpas.

Agora, será que se ao invés de ter respondido com a pergunta, eu tentasse revidar a provocação, não teria iniciado uma discussão e ainda eu não teria perdido a venda?

Portanto, pratique a surdez e seja feliz!

Reval Blog

Papelaria, Escritório, Informática, Eletroeletrônicos, Brinquedos, Artesanato, Presentes, Festas e Descartáveis. Ligue 0800-701-1811.

Deixe uma resposta