O Outubro Rosa já faz parte do calendário institucional da maioria das empresas. Já estamos no décimo mês do ano, e as ações em torno do tema tomam forma para apoiar o movimento internacional contra o câncer de mama.

Criado na década de 1990 nos Estados Unidos, o movimento visa conscientizar a sociedade por meio da troca de informações sobre a doença. A Fundação Susan G. Komen for the Cure foi a responsável por popularizar o laço cor-de-rosa durante um evento no final da década, tornando esse o símbolo máximo da campanha.

No Brasil, o INCA (Instituto Nacional de Câncer) participa do movimento desde 2010 e promove anualmente eventos, debates e apresentações sobre o tema, além de produzir materiais para informar sobre a detecção precoce do câncer de mama. Tudo isso pode ser consultado no site para mais detalhes.

Um movimento tão importante merece a adesão de toda a sociedade. Saiba como sua empresa pode participar de forma construtiva e que gere impactos positivos.

Outubro Rosa dentro das empresas

foto: criada por freepik

Depois do câncer de pele não melanoma, o câncer de mama é o tipo de câncer mais comum entre as mulheres e corresponde a cerca de 25% dos novos casos a cada ano. Em 2019 foram estimados mais de 59 mil novos casos no Brasil, segundo o INCA, e em todo o mundo a estimativa, segundo o Globocan 2018, é de 2,1 milhões de novos casos.

Os números assustam, mas a boa notícia é que a maioria dos casos tem bom prognóstico, e para que isso aconteça é essencial que a doença seja descoberta ainda na fase inicial. A incidência é maior após os 35 anos, e principalmente após os 50. Homens também podem ser afetados, embora a porcentagem seja menos que 1% do total de casos.

O autoexame é uma das principais armas para identificação da doença, que em 90% dos casos se manifesta através de um nódulo na mama. Outros sintomas incluem pele avermelhada, retraída ou parecida com casca de laranja, alterações no mamilo, nódulos nas axilas ou pescoço e presença de líquido nas mamas.

Empresas de médio e grande porte já adotam ações de conscientização e a ideia é estender para todas as empresas de todos os setores. A campanha é uma forma de concretizar a preocupação com a qualidade de vida das funcionárias e valorizar a marca. Ambos os gestos reforçam a boa imagem frente ao público, que busca cada vez mais trabalhar em locais que valorizam a vida além do profissional e consumir de quem tem ética.

Enquanto empresa, participar de uma campanha de conscientização que ocorre em todo o mundo reforça o compromisso com o bem-estar. Mas, para isso, é preciso ir além do laço cor-de-rosa pregado à camisa.

Campanhas vazias, retorno negativo

foto: criada por freepik

Talvez por não saber como participar do Outubro Rosa ou até por ir no embalo de outras marcas, algumas empresas adotam ações que pouco ou nada agregam às colaboradoras, clientes e marca.

Um exemplo disso são os tradicionais laços cor-de-rosa pregados à camisa, ou até a adoção de uma faixa da cor na fachada da empresa. Quando feitas em conjunto com ações de conscientização, como palestras ou realização de exames, elas reforçam o compromisso da marca, mas quando realizadas isoladamente geram frustração e retorno negativo.

Isso porque, para o público interno, a mensagem que fica é que a empresa se preocupa mais em demonstrar cuidado do que, de fato, cuidar das colaboradoras. Ações como trocar o avatar e a capa do Facebook por ícones com laços cor-de-rosa também são vistos como gestos vazios e podem até render comentários ruins nos perfis da empresa.

4 ações para participar do Outubro Rosa

foto: criada por freepik

Qualquer empresa pode participar do Outubro Rosa, desde que as ações adotadas impactem positivamente a vida das pessoas envolvidas. Confira algumas ações comuns que são bem recebidas pelo público interno e externo:

  1. Palestras de conscientização

Chame um médico oncologista para falar sobre a doença, a importância da prevenção, como realizar o autoexame corretamente e o que fazer caso identifique qualquer sintoma.

Estenda o convite para familiares e cônjuges dos colaboradores para aumentar a rede de informações e presenteie com flores, camisetas ou canecas com a mensagem da campanha para reforçar a mensagem.

  1. Mutirão beneficente

Faça uma campanha interna de doação de lenços e maquiagem para mulheres em tratamento contra o câncer de mama; crie uma vaquinha ou uma rifa para arrecadação de dinheiro e doação para alguma instituição contra o câncer; incentive o corte e doação de cabelo para produção de perucas para mulheres em tratamento.

  1. Landing page e panfletos

Se sua empresa possui site, aproveite para criar uma landing page com informações sobre o Outubro Rosa, principais sintomas, dicas para o autoexame e sites de referência no assunto. Outra solução é criar panfletos com essas mesmas informações e distribuir dentro da empresa e para os clientes, aumentando a rede de informações.

  1. Realização de exames

A mamografia é capaz de mostrar alterações suspeitas antes do nódulo se tornar palpável pelo autoexame. Caso algo seja identificado, é necessária a realização de biópsia, e quanto antes os exames forem feitos, maiores as chances de cura. Diversas cidades e planos de saúde promovem mutirão de realização de exames para o Outubro Rosa. Incentive a participação da sua equipe e, dependendo do caso, pague pelo exame das funcionárias para garantir o bem-estar e o cuidado de todas.

Colaboradoras Reval participam aqui


Conteúdo criado por Sonobe Conteúdo, agência digital dedicada à redação, planejamento e consultoria em redação e marketing de conteúdo. Através de equipe certificada em jornalismo, marketing digital, SEO, roteiro, gestão e empreendedorismo, a Sonobe traz aos leitores e leitoras do Reval Blog novas perspectivas para os seus negócios.


Clique aqui e participe de nosso canal no Telegram. Novidades da Reval na tela do seu celular!
Categorias: Apoio ao cliente

Gabriel Pascoli

Papelaria, Escritório, Informática, Eletroeletrônicos, Brinquedos, Artesanato, Presentes, Festas e Descartáveis. Ligue 0800-701-1811.

0 comentário

Deixe uma resposta