Skip to main content

Não seja uma pessoa “pedinte”

“Você precisa comprar mais, meu”…

Fico estarrecido quando ouço um vendedor dizer essa frase.

Como assim, o comprador precisa “comprar mais” dele? Ou é o representante que deve o incentivar, dar-lhe mais motivos para comercializar com ele?

Um dos maiores pecados em vendas, e na vida pessoal de uma forma geral, é quando a pessoa pede “esmolas” do tipo “me ajuda aí, vai”.

Pense bem, você acha realmente que seus clientes estão no mercado para te ajudar, ou é você quem tem que sanar as necessidades e desejos deles?

Portanto, saia do “piloto automático”, seja criativo nas suas visitas, encontre produtos alternativos ao seu cliente, treine seus colaboradores, se for o caso, mas nunca o deixe com a sensação de ter que te ajudar.

Ofereça vantagens e as demonstre, para que a partir daí os clientes se sintam interessados em adquirir os seus produtos e seus serviços.

A sustentabilidade da nossa carreira está diretamente ligada à nossa capacidade de nos relacionarmos.

O bom profissional não é aquele que se preocupa somente no que está ganhando em cada negócio, e sim no que de positivo está proporcionando ao mercado.

Não foque somente em vender, construa relacionamentos.

 

Preferimos comprar de amigos do que de vendedores.

 

cesar_galindo_rodape

Reval Blog

Papelaria, Escritório, Informática, Eletroeletrônicos, Brinquedos, Artesanato, Presentes, Festas e Descartáveis. Ligue 0800-701-1811.

One thought to “Não seja uma pessoa “pedinte””

Deixe uma resposta