O importante é o que tem por dentro, e não a aparência externa. Essa máxima serve para muitos aspectos da vida, desde conhecer pessoas até experimentar uma nova comida. Mas quando se trata de layout de loja o externo é, sim, muito importante.

A preocupação maior do lojista foi, por muito tempo, oferecer produtos de qualidade e atendimento impecável. Esses pontos continuam essenciais para o sucesso de qualquer negócio, mas é preciso se atentar à experiência de compra e a forma como seu cliente interage com sua marca e se sente dentro do seu comércio.

O layout de loja é a composição dos elementos típicos de um ponto de venda, como a fachada, a vitrine, os expositores, as prateleiras, os caixas, os provadores, os manequins e assim por diante.

Essa composição é importante porque interfere na eficiência das vendas e na forma como o consumidor interage com sua marca. O ponto de venda deve alinhar a personalidade do negócio e conversar com o cliente, de forma que ele se sinta respeitado e tenha suas necessidades atendidas rapidamente.

Por que o layout de loja é importante?

foto: criada por freepik

O posicionamento das estruturas que compõem a loja é pensado para tornar a experiência de compra mais interessante. Para isso, deve estimular a movimentação do consumidor e seus sentidos, principalmente o visual, maximizando as vendas.

Um ótimo exemplo é a facilidade (ou não) de deslocamento. Independentemente de ser um espaço pequeno ou grande, se o cliente encontrar obstáculos na circulação (como caixas espalhadas pelo chão, corredores apertados e ausência de rampa para pessoas com mobilidade reduzida) ele não se sentirá confortável; logo, vai querer ir embora o quanto antes ou até nem entrar na loja.

Alocar as mercadorias de forma que conversem entre si é uma das melhores estratégias para alavancar as vendas, geralmente adotada por lojas de cosméticos.

Cada setor ou canto da loja é dedicado a um tipo de produto (maquiagem, creme facial, creme corporal, desodorante, etc), e com uma rápida olhada o cliente mapeia as categorias e sabe onde se dirigir para encontrar o que precisa.

A dica principal é sinalizar a localização de cada departamento e informações adicionais, como caixa, provadores, troca de mercadoria e até banheiro. Assim, o cliente tem liberdade para fazer as compras e consegue o que precisa em menos tempo.

Tendências em layout de loja

foto: criada por freepik

Organizar sua loja de forma que o consumidor se sinta motivado a comprar não é difícil, mas exige planejamento, estudo do público-alvo e atenção quanto ao comportamento dos clientes.

Uma tendência cada vez mais forte nos novos negócios é a do minimalismo, onde desde a identidade visual até a equipe de funcionários é pensada seguindo a máxima “menos é mais”.

Ambientes sobrecarregados são mais estressantes para clientes e colaboradores, portanto pensar em cores suaves, design funcional, acessibilidade e equipe enxuta pode ajudar nas vendas e tornar seu espaço mais interessante e convidativo para passar algumas horas.

Não se esqueça dos pontos que nunca saem de moda no layout de loja: vitrine atualizada semanalmente, produtos novos em destaque, promoções atraentes e ações especiais em datas como Páscoa, Dia dos Namorados e Natal. A personalidade da marca deve estar sempre presente!


Conteúdo criado por Sonobe Conteúdo, agência digital dedicada à redação, planejamento e consultoria em redação e marketing de conteúdo. Através de equipe certificada em jornalismo, marketing digital, SEO, roteiro, gestão e empreendedorismo, a Sonobe traz aos leitores e leitoras do Reval Blog novas perspectivas para os seus negócios.


Reval Blog

Papelaria, Escritório, Informática, Eletroeletrônicos, Brinquedos, Artesanato, Presentes, Festas e Descartáveis. Ligue 0800-701-1811.

2 comentários

Luzia · 20 de setembro de 2019 às 10:02

Interessante.

Deixe uma resposta