Skip to main content

Hábitos construtivos

Você já parou para pensar no número de hábitos infrutíferos que acabam nos escravizando, e tornam-nos reféns em nosso dia a dia?

Logo ao despertar, podemos agradecer a Deus por mais um dia de oportunidades, ou nos queixarmos pelos problemas a serem enfrentados.

Esse é apenas um dos exemplos dos maus costumes que nos levam a termos uma vida “amarrada”, mais pesada.

Já que os hábitos nos tornam escravos, por que não procuramos adquirir os bons hábitos?

Aprenda a saudar seus dias com mais amor e gratidão.

Valorize mais, respeite e ame as pessoas, para que consequentemente você seja também mais valorizado, amado e respeitado.

A partir do momento que você repete suas ações de forma rotineira, as mesmas tendem a tornarem-se hábitos.

Eu, por muitos anos, sentia repúdio por verduras e legumes. Percebi que só havia uma maneira de tornar minha alimentação mais saudável, que era “forçar a barra”.

Em todas as refeições, eu fazia um prato de salada antes de me servir com os pratos quentes, e aos poucos fui me acostumando.

Hoje, salvo raríssimas exceções, não consigo tomar uma refeição sem antes comer salada.

Isso serve para todas as áreas em nossas vidas.

Caso você passe a atender seus clientes como se cada venda fosse “a última venda da sua vida”, nunca mais suas negociações serão as mesmas, pois você irá se habituar a colocar toda a energia no atendimento, e é óbvio que seus resultados tendem a melhorar muito.

Diante disso, podemos escolher entre sermos escravos dos bons ou dos maus hábitos.

Portanto, mude hoje e pratique sempre.

Sucesso!

Reval Blog

Papelaria, Escritório, Informática, Eletroeletrônicos, Brinquedos, Artesanato, Presentes, Festas e Descartáveis. Ligue 0800-701-1811.

Deixe uma resposta